Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Já se avista no horizonte...

sesimbra.jpg ...as FÉRIAS! Já se sente o cheiro das "sardines on carvon"...o cheiro dos croissants da Mabi...o cheiro a mar...já nos imaginamos na esplanada a tomar cervejolas a acompanhar caracóis...hhhhuuuuuummm...


Já se contam os dias pelos dedos...Julho está quase a acabar...Agosto está a chegar...este ano vou ter férias um pouco mais tarde que o normal...por isso estou mesmo deserta de deixar de vir para dentro deste cubículo com pouco ar e luz...e ainda por cima o ânimo piora quando nos dão coisas tão interessantes para fazer, que tanto enaltecem a nossa inteligência...De facto, quando nos passam um atestado de estupidez é muito triste...Eu não sou lá grande coisa, mas assim mais vale dizerem-me que não tenho jeito para mais nada a não ser talvez lavar chão!! :(


Enfim...vão ser duas semanas muito emocionantes, com certeza...o que não vai de certeza faltar é vontade de que passem muito depressa para me ir embora daqui...

Finalmente, Beatriz!

1trangam-med.jpg

Finalmente no sábado, às 15h50 a Beatriz decidiu que era hora de vir cá para fora...

Mas ainda deu muito trabalho e dores à mamã e precisou da ajuda de uns forceps para sair...

Agora estão as duas bem e estão as duas de Parabéns...

Muitas felicidades Beatriz e Beta...

E bem vinda sejas, pequenina, a este mundo muitas vezes cruel, mas que também tem muitas coisas boas...a começar pelo colinho da tua mamã...

Curiosidades...

lisboapessoana1.jpg 


Acho sempre graça saber estas curiosidades sobre coisas mundanas, coisas que já estão tão entranhadas no nosso quotidiano que nunca pensamos sobre elas ou sobre a sua origem...achamos que é mesmo assim e pronto... É como algumas crianças hoje em dia acharem que o leite vem do pacote...


Aqui ficam algumas curiosidades:


A frase inglesa "The quick brown fox jumps over the lazy dog" utiliza todas as letras do alfabeto!? Foi criada pela Western Union para testar as suas telecomunicações telex/twx!


Durante a Guerra, nos ! Estados Unidos da América, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem baixas, escreviam numa placa "0 Killed" (zero mortos) o que deu origem à expressão OK para indicar que tudo está bem.


Antigamente, em Inglaterra, não se podia fazer sexo sem o consentimento do Rei ( a não ser que se tratasse de um membro da família real). Quando os súbditos de sua majestade queriam fazer amor, tinham que solicitá-lo ao monarca, que lhes entregava uma placa que deviam colocar em frente da porta do quarto enquanto tivessem relações. Na placa lia-se: "Fornication Under Consent of the King ". Daí a origem da expressão inglesa FUCK !!!!


Quando o café "A Brasileira" vendeu os primeiros "expressos" em Lisboa, o público achou-os amargos e daí que o proprietário da casa tivesse inventado o slogan para ajudar nas vendas: "Beba Isto Com Açúcar". E pegou!! Hoje, a palavra foi reduzida às suas iniciais: BICA!


Esta última gosto particularmente, porque já me tinha sido explicada por um amigo, que é assim daqueles poços de sabedoria e experiência... Aproveito para lhe enviar um abraço a ele e à sua gravidíssima esposa, que por acaso é uma das minhas melhores amigas, e que nunca mais dá à luz...Que stress!! Aquela rapariga nunca mais quer nascer...Como dizem que a lua influencia os nascimentos dos bebés, e até há uma lua cheia na próxima noite, pode ser que ela se inspire...Beijinhos para vocês...

Tinha de partilhar convosco...

Lisboanoite1.jpg


...esta magnífica foto que acabaram de me enviar... Foi tirada na noite de 22 de Junho...e ao que parece a última vez que a Lua se apresentou assim foi há 18 anos...Eu já era nascida, sim porque nasci no século passado, mas não me lembro de tal espectáculo... De facto a Natureza brinda-nos muitas vezes com magíficas actuações do seu esplendor...e nós muitas vezes não vemos porque estamos a dormir... Ainda assim é bom ver uma foto tão bonita... Por falar em bonitos espectáculos, há um que antecede a vinda da Lua e ao qual também já não assisto há um bom tempo...o pôr-do-sol...Ora aí está mais uma coisa que tenho de colocar na minha listinha (que já começa a ficar grande) de coisas a fazer...Se calhar vou marcar URGENTE (a vermelho) - assistir a espectáculos de magia...:)

Os animais não são coisas...

junior.jpg


Juridicamente os animais são coisas, porque é considerado coisa tudo aquilo que pode ser sujeito ao comércio jurídico…

Mas os animais não podem ser considerados uma coisa…
Dizem que os animais não têm raciocínio lógico, que de todo não raciocinam…não são inteligentes...agem por puro instinto…
Eu na minha pouca inteligência às vezes custa-me a acreditar nisso… Como é que podemos olhar para, por exemplo, o focinho de um cão, com aqueles olhitos sempre a pedir beijinhos, a pedir bolachas, a pedir para lhe esfregarmos a barriga e dizer que é uma coisa? Quando vejo o meu cão ir buscar os brinquedos dele para abancar ao pé dos sacos que estamos a preparar para ir viajar…pode não ser inteligência, mas isto não é próprio de uma coisa…

Dizem que a inteligência é privilégio dos seres humanos…Mas que seres inteligentes são estes que abandonam os animais na rua? Ou que fazem pior e, como voltei a ouvir no fim-de-semana num telejornal, abandonam um recém-nascido num saco de plástico num qualquer contentor do lixo?

Mas, ainda que um animal fosse uma coisa, pergunto: então é assim que tratamos as nossas coisas? As nossas coisas, os nossos bens são estimados…gostamos deles e fazemos tudo para os manter…às vezes avaria-se um electrodoméstico já bem velhinho e ainda fazemos mais uma tentativa de arranjo porque nos custa perder as nossas coisas…Estimamos as nossas roupas, os nossos sapatos, as nossas jóias…Então se um animal é só mais uma coisa não deveria ser também estimado?

Das coisas que mais me tem custado é chegar todos os dias à minha rua e ver aquele grupo de cães abandonados que por lá andam, esqueléticos de nada comerem, cheios de pulgas, carraças e doenças…cães lindos…Com as lágrimas nos olhos penso como é que é possível alguém largar um animal na rua e virar-lhe as costas? Não consigo entender…

E abandona-se um animal para ir de férias? Eu e os meus pais, já há muito tempo que temos férias desencontradas, porque alguém tem de ficar com o Kypper, já que não é aceite no parque de campismo…este ano talvez consigamos passar uns dias na praia juntos, porque o meu irmão não tem férias e pode ficar com ele…Mas os meus pais têm abdicado muitas vezes de irem para a praia por não terem com quem o deixar e vão só para o Alentejo porque podem levá-lo…E deveria ser assim…Quem não tiver um familiar ou amigo que possa tomar conta do bichinho por uns dias enquanto vamos a banhos já o pode deixar em algumas instituições…Claro que se paga…Mas gastamos tanto dinheiro em porcarias…porque não juntar uns trocos e proporcionar um telhado, comida e mimos ao nosso bichinho para, quando voltarmos bronzeados, podermos ter de volta aquele focinho molhado ao invés da vazio de uma casa onde já viveu um animal?

Eu nem me posso lembrar dos meus fofinhos que desapareceram ou tive de dar, por causa de viver lado a lado com animais de duas patas…Vivo atormentada por ter dado dois deles…Parece que os vejo em todo o lado…Nesse mesmo grupo que ciranda na minha rua há um deles que se parece muito com um dos que tive…Fico todos os dias, um bom bocado, parada a olhar para ele…preciso ter a certeza que não é o meu Sparky…Se arrependimento matasse…E eu não os abandonei, mas tenho um sentimento de culpa como se o tivesse feito…

A vontade de escrever sobre estes sentimentos foi despoletada pelo artigo da Floppy…ela fala do seu 4 patas, que é um cão lindo de uma raça que adoro…e aproveita para divulgar acções de solidariedade animal…Quanto a mim, não resisti a uma delas e já encomendei 1 t-shirt no site http://www.pelosanimais.org/solidariedade/ …São só 6€…não custa nada e eles agradecem…

E há tantas outras formas de ajudar com pouco os animais que se encontram em canis…Muitos fazem campanhas a pedir coisas baratas como algodão, compressas, água oxigenada…ou, então, cobertores e mantas usadas…Há alguma dificuldade em manter estes animais vivos no Inverno por causa do frio…É tão triste…
Era bom que os nossos corações se sentissem tocados por estas situações…senão é porque não temos coração…no seu lugar temos uma pedra…uma COISA…

Sesimbra!

sesimb01.jpg


Ontem o tempo convidava à praia...E como é mais fácil acordarmos cedo quando é para fazer algo que nos dá prazer, madrugámos para rumar à margem sul...Fomos até Sesimbra, com a sua bela baía e o seu Castelo altaneiro... :)É uma praia que adoro, mas não sei porquê contam-se pelos dedos de uma mão as vezes que lá fui...Contando bem, fui duas...E a última vez já foi há uns 3 Verões atrás... Adoro aquela água...aquele misto de mar e serra...é uma vilazinha com algo de especial que nem sei explicar...mas gosto mesmo muito... Agora que já conheci um dos parques de campismo (Forte do Cavalo) tenho de ir lá mais vezes e por mais tempo...É que isto de casa-trabalho, trabalho-casa tem muito que se diga...Com tanto recanto mágico para descobrir, temos de arregaçar as mangas e partir à aventura...E sempre com a Madalena atrás...Há que incutir o gosto e o contacto com a Natureza desde as fraldas, que é para depois não estranhar...Hehe...E ela ontem bem que gostou do diazinho de praia (excepto da água, que ela acha que deve ser só para malucos)...

Como é bom ser pequenino!

icone.jpg Caros amigos,


Lembram-se de quando éramos pequenitos e os nossos papás nos contavam histórinhas para adormecermos ou simplesmente quando nos apetecia muito que nos contassem uma? Era tão bom, não era? E certamente que, a dada altura, se viraram para eles e disseram: "Ó, mamã, outra vez essa história? Conta outra!". E a mamã ficava, coitada, toda engasgada a pensar: "Ó, Meu Deus, mas o que é que eu vou inventar agora para encantar esta alma insatisfeita, quando estou estoirada depois de um dia infernal no emprego e quando ainda tenho a loiça para lavar e o almoço de amanhã para preparar, e a roupa dos meninos para pôr a lavar e...e...e...?" Pois bem...agora que estou na pele de mamã e tenho uma pequenina de olhos brilhantes que ainda não sabe o que é uma história, mas que muito rapidamente vai saber e vai exigir novidades, achei fantástico descobrir um site que me vai certamente ajudar nesta situação...Aproveito para partilhar convosco esta informação... O link do site é: http://www.historiadodia.pt/pt/index.aspx.


Aqui é editada todos os dias uma pequena história...E podemos copiar os textos e juntar tudo num documento e mais tarde ter quase um livrinho com estas compiladas...não é o máximo? Para quem ainda não tem rebentos, ou não está sequer a pensar ter, fica a informação na mesma...E aproveitem para dar uma espreitadela...É óptimo para nos fazer lembrar de como era bom ser pequenino e ter alguém para nos embalar os sonhos e aconchegar a roupa... :)


E que bom seria se as nossas mamãs também tivessem tido acesso a algo deste género! Coitadas...na altura nem imaginavam que coisas destas um dia iriam existir...Só podiam mesmo era tentar imaginar princesas, dragões, bonecos de neve, bruxinhas e descobrir uma forma de lhes dar vida e ansiar que rapidamente nos acalmassemos e adormecessemos antes de a história acabar...


Obrigada, mamã, pelas histórias que me leste e que inventaste...Mas agora podes aproveitar este site para contares histórias à tua netinha...Um dia, estou certa, também ela te vai agradecer!  ;)


 


 


 

Lisboa

p3.jpg


Lisboa é uma cidade bonita...com muita história e muitas estórias, com imensos recantos fantásticos...Mas confesso que o facto de vir para aqui todos os dias já me angustia...Estou saturada!
Estou saturada dos transportes, do percurso e principalmente do LIXO...Lisboa está, cada vez mais, uma cidade suja...É tão triste...Isto até parece mentira, mas só de fazer o percurso desde o Metro da Alameda até cá acima ao IST fico com vontade de voltar para trás, ir para casa tomar um banho (outro) e esquecer que isto existe! :(

É um trajecto de 10 minutos que me custa horrores...não só por ser a subir...é mesmo o lixo, a poluição que me incomoda...

É verdade que as obras do Metro não ajudam...só a falta daquele relvado imenso modificou totalmente a paisagem...será a bem do melhoramento da rede de transportes, dirão...mas sempre era algo me animava logo de manhã, o caminhar ali ao lado daquele tapete verde...e ver aqueles cães lindos que os donos passeavam por ali...

Bem sei que era para largarem os seus dejectos, mas tudo isso faz parte da natureza animal e, acreditem, perturba-me menos que a quantidade de lixo que tenho de pisar todos os dias só para chegar ao local de trabalho...Ele há de tudo...ainda hoje era um saco de supermercado largado no chão, cheio de bolos...Ok, alguém estava enfastiado, mas não podia ter deixado aquilo num contentor do lixo? Ainda por cima com pessoas a passar fome, até agonia ver uma coisa daquelas!! :(

Fico triste... :(
Às vezes até saio de casa tão bem disposta, mas nem nesses dias consigo entrar no local de trabalho com boa cara...

Será que não há um funcionário da CML que passe por ali para limpar? O que parece é que partiram do príncipio de que, como a zona está em revolução por causa das obras, não vale a pena limpar...Mas eu acho que vale...a bem de todos...

Entristece-me perceber que as pessoas não têm o menor problema em largar tudo no chão, desrespeitando os outros e até a eles próprios...O ambiente é, de facto, um problema de todos...o que para alguns é apenas deitar um papel para o chão pode tornar-se para outros algo de muito angustiante...

Desculpem a maçada...mas estava a precisar de desabafar!! :)

É 6ªf e o resto é conversa

h0d4id06.jpg

Amigos, é 6f!!!

Ânimos ao alto!!

Yupiii!!!!!

Vamos lá a animar...o espírito do fim-de-semana já andar no ar...Está uma brasa daquelas...se não mudar o tempo, vamos ter fim-de-semana caliente... :)

É preciso é ter calma...já falta pouco para as 18h...

(Para mim é para as 16h e para alguns é para as 15h...Funcionários públicos é o que dá...!!) :) :)

Pág. 1/2