Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Descalça na Capital...

TI0471-02.jpg


...se, esta manhã, de repente viram uma transeunte descalça em plena capital e a arrancar os cabelos...Sim, fui EU...!


Shame on me...!


Enfim, são acidentes de percurso...


Conclusão: esperar até às 10h que abrisse o comércio para ir às compras!


 


Lições aprendidas:


                              - não vir para o emprego de sandálias ou chinelas


                              - não fazer drama com situações que nada têm de  dramático


                              - gozar muito com a situação


                              - não reagir agressivamente com quem não merece

Hard Candy...

hardcandy_f.jpg

Há umas semanas atrás (se não estou enganada foi na semana antes de ir de férias) foram-me oferecidos convites para a ante-estreia do filme "Hard Candy"...

Antes de mais, quero aproveitar para agradecer à Areias Quentes pela fantástica oferta...para mim, bilhetes para ir ao cinema é das coisas que mais curto...Eu já adoro ir ao cinema...então quando não tem de se pagar, é mesmo juntar o útil ao agradável.

E apresento aqui um manifesto: está na hora de a Areia Quentes curtir um cinema...uns copos...uma noite alone com o seu Sol...Baby Sitters faxavore de se oferecerem...!!!
Porque isto de participar nos passatempos, ganhar e depois oferecer os bilhetes aos outros é muito altruísta, mas quando é demais (naquele dia foram 3 convites duplos) não vale a pena...ou melhor, não é justo...

Bom, cessando esta vertente reivindicativa e voltando ao filme em causa...foi daqueles filmes que sinceramente ainda não consegui decidir se adorei ou se detestei...

Quando saí da sala de cinema, tive a reacção do "foi mais ou menos"...

É um filme altamente psicológico (salvo seja a cena de largos minutos em que a moçoila se dedica a uma incursão pelas artes cirúrgicas, que foi assim a roçar o vómito...).

O filme não tinha muita acção...como disse girava mais à volta da pressão psicológica, o que até costumo gostar...mas, houve um ou outro momento em que quase deu sono por ser tão parado...porque ainda por cima, é um filme em que durante uns 95% do tempo apenas vemos aqueles dois actores no ecrã...

Mas aplaudo a actuação da actriz...não a conhecia...não sei se terá sido mesmo o seu primeiro papel...mas foi muito bom ver uma actriz tão novinha representar com tanta segurança...Ela arrepiava mesmo em algumas cenas, não arrepiava?

Bem, por falar em arrepiar, mas que grande naco era o actor que contracenava com a moçoila!!

O filme gira muito em torno da questão de saber se afinal o rapaz era ou não pedófilo...E, se por um lado acreditamos que sim, por outro, aquela carinha de inocente (com aquele corpinho atlético) faz-nos não querer que seja...Nisto concordo plenamente com a Fire With Fire...

Mas, por outro lado, fiquei com tantas dúvidas...Quem era afinal aquela rapariga? Qual era a ligação dela à rapariga desaparecida? Como é que ela chegou até ele?

Enfim, se ele realmente era pedófilo, teve o fim que merecia...Há dias em que não acredito na justiça, ou melhor, só acredito na justiça pelas próprias mãos...depois condeno-me, mas pronto...E pedofilia é daqueles crimes que sinceramente quando é feita justiça nos tribunais se fica sempre, mais do que em relação a outros crimes, com a sensação de não ter sido aplicada a condenação merecida...

Ya...fui de fériaaaaaaaaaasssssssss...

Duas semanitas de férias, que souberam a pato...até cuspo as penas...

Que saudades que eu tinha de andar de chinelo no pé...a arrastar-me lentamente no espaço e no tempo...sem horas para nada...dormir a sesta...e do mar...tinha muitas saudades do mar...de ver e de mergulhar nele...e do sol...de lagartar ao sol! hhhhhuuuum...Só de pensar, apetece-me ir de férias outra vez...

Infelizmente não foi só sol e mar...

A primeira semana quase que não soube a férias...entre a Madalena estar doente e o mau tempo...só deu mesmo para cuidar dela, dormir e ver televisão até de madrugada...

Mas na segunda semana, repostas as energias da Madalena e reposta a energia solar, foi só curtir...

Digamos que fiquei apenas levemente bronzeada, mas para 4 manhãs de praia, fora da hora de maior calor, até que não foi mau.

Fiquei irritada comigo mesma foi por não me ter dado para a leitura...realmente, que estupidez...foi só passear o livro (também tem direito a mudar de ares...mas já agora lia-o...rrrrr)...

A Madalena num período de 4 dias teve duas fases diametralmente opostas: nos primeiros dois dias era a vergonha da praia...não queria areia nos pés, não queria andar na areia, e muito menos ir à água...À pergunta "Madalena, vamos à água?" respondia peremptoriamente "Não, não!"...e era não mesmo...

No 3º dia ainda teve algumas resistências, mas depois de uns minutos com os pézinhos dentro de água lá começou a achar piada e a partir daí foi só chapinhar...

Bom...espero ainda poder dar mais um ou outro mergulhito numa praia mais próxima...É que o tempo quente dura pouco...e depois vêm meses e meses cinzentos, com frio e chuva...Há que aproveitar!!!


Nota de Rodapé: Já repararam que este é o meu 100º post? Extraordinário!!!

...

Costumo navegar em alguns Blogs do Sapo...

Encontrei alguns que têm piada, que adicionei aos favoritos, e costumo dar uma vista de olhos diária...

Já descobri uns completamente assustadores...lembro-me de um que é de alguém que decidiu no dia 1 de Novembro de 2005 que se iria suicidar dali a um ano...ou seja, vai-se suicidar no dia 1 de Novembro de 2006...e, portanto, os posts giram todos em torno de "faltam x dias"..."ja fiz o testamento" e por aí fora...

E depois há uns que acho completamente doidos, como os daquele pessoal gótico...é só pessoal com problemas existencias muito graves...tipo, "inspirei...será que devo morrer?"..."a morte isto"..."a morte aquilo"...enfim, é uma forma de vestir, pensar, sentir que me deixa um bocado assustada...Acho que é pessoal muito estranho...Tudo preto, tudo sem luz, tudo com ar pesado...

Depois há os Blogs tarados...que uma pessoa abre a pensar que é uma coisa e depois é só fotos de gajas nuas em posses "calientes"...

Ah, e há um qualquer cujos posts são títulos do jornal Record ou A Bola...é lindo...

Ou seja, às vezes acho que o meu Blog não é nada de especial, nem tem um conteúdo muito profundo, mas às vezes encontro alguns que me fazem pensar que o meu até é fixe...

:)

...

crianca.jpg


 


...hoje já estou um bocadinho mais assim...mais despenteada mental como é meu apanágio!!


 


Obrigada pela ajuda...

Acho muita piada a estes piquenos...

fingertips.jpg

Gosto muito das músicas dos Fingertips......o vocalista da Banda é muito giro e canta muito bem...e continua a surpreender...além disso é muito inteligente e nada vedeta...

Este último single que saiu é daquelas músicas que não me importo de ouvir e voltar a ouvir umas quantas vezes seguidas...

Tive pena que ninguém tivesse falado deles no Rock in Rio...

Cantaram ao vivo de longe bem melhor que muitas das vedetas internacionais com experiência que subiram ao palco, mas depois quando deram notícias do Rock in Rio foi como se eles não tivessem lá estado...Custou-me que tivessem referido o maravilhoso espectáculo de Ivete Sangalo, que cantou depois deles...que por acaso achei uma bela porcaria...não pelo facto de não ser particularmente fã das brasileiradas (excepto quando apetece pular), mas porque achei que não chegou aos calcanhares do vocalista dos Fingertips, desde logo em termos de afinação (já para não falar no tema inglês que Ivete Sangalo decidiu cantar...coitada!)...

Realmente é em cima de palco que se vê quem realmente sabe cantar e se preocupa minimamente com qualidade musical e quem só canta bem em estúdio, porque a tecnologia permite maravilhas...

E agora aqui fica a letra da música que mais gosto de ouvir no momento:


"When I’m feeling down
Nothing seems ok
I see her eyes and I believe I’ll find a way

When I’m feeling down
Things don’t go so well
I see her eyes and I forget the tears that fell

When I’m alone in the street
And I’m scared and tired
For the first time in my whole life I felt desire

When I’m far from home
And I just don’t want to be found
I run into your arms and they bring my feet back to the ground

‘Cause to love you means so much more [2x]
When I need to cry you make me try
I want to die and ask me why
‘Cause I can't fight no more..."

Carrancuda...

j0390042.jpg

...é a palavra que me tem definido nestes últimos dias...

Já me ando a passar comigo própria!!!!!

Só tenho vontade de me esconder na concha...ando super sensível...não posso ver nem ouvir nada...não me podem dizer nada...

Ando mesmo a precisar de um ataque de parvoice, para ver se desato a rir e baza esta minha má onda!!

Pág. 1/2