Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

77780423.jpg

 

Sinopse

Depois de cumprir cinco anos de prisão devido a um trágico erro, Kenna Rowan regressa à cidade onde a sua vida descarrilou, na esperança de recuperar Diem, a sua filha de 4 anos. Contudo, os fantasmas do passado parecem querer impedir esse reencontro, apesar dos seus esforços para tentar provar o seu valor a todos os que agora fazem parte da vida da menina.

O único que parece disposto a ajudá-la é Ledger Ward, dono de um bar local e um dos poucos que poderão servir de elo de ligação entre Kenna e a fi lha. No entanto, a proximidade entre eles não poderá ser revelada a ninguém, sob pena de perderem a confiança daqueles que lhes são mais queridos.

Mas à medida que Kenna e Ledger formam uma ligação que parece inabalável, também os riscos que correm se tornam cada vez maiores. E se Kenna quiser construir um futuro de esperança e redenção, terá de encontrar uma forma de se absolver dos erros do passado.

 

 

Pronto, afinal o meu cérebro ainda tinha ali dois neurónios. 😁

Ou, Colleen Hoover e a capacidade de me fazer páginas. Fiz uma pausa na altura do jantar e depois foi uma corrida que só parou na última página.

 

Gostei imenso da química entre Kenna e Ledger e deste romance perigoso que surgiu entre os dois. As mudanças nos sentimentos de Ledger por Kenna foram muito interessantes de acompanhar e estamos ali até ao último minuto sem ter a certeza sobre se vai haver perdão, se vai haver empatia e se Diem vai conseguir um dia conhecer a sua mãe e se a relação dos dois vai terminar bem e qual vai ser a reação dos cuidadores de Diem.

A história é-nos trazida em duas linhas narrativas, nas vozes de Kenna e de Ledger o que apreciei muito, porque queria saber de Kenna o que planeava fazer e saber o que tinha acontecido no passado. E o Ledger, apesar dos seus conflitos interiores, conseguiu ver para lá do ódio e ainda por cima mostrou ser um homem às direitas, e super protector e amoroso com Diem.

 

A escrita tem um ritmo galopante, com uma boa dinâmica entre diálogos realistas e narrações sobre estados de espírito, sentimentos e a descoberta da verdade. 

E tem um final muito bonito e que me fez chorar um bocadinho, para lá de outros momentos em que surgiu uma lagrimita.

 

Dei-lhe 5 estrelas no Goodreads. Gostei imenso e recomendo!