Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Médica ao domicílio

A Madalena agora diz que quer ser pediatra. Para o efeito vai fazendo alguns estágios por casa, usando como cobaia Petit Me. No processo, como a lista de doentes é muito curta, vai usando também o Semi-Deus e eu. Ontem, lá tivemos todos uma consulta forçada ao domicílio, que isto é preciso tratar-nos da saúde (e dá um certo jeito, porque com isto das taxas moderadoras sempre a aumentar, sempre se poupa umas idas ao Centro de Saúde).

 

Consulta ao Petit Me

Diagnóstico: tem uma esperedatite.

Hum?: uma doença que faz com que as pessoas não gostem de esperar (acho que não se aplica apenas ao Petit Me, esta médica também sofre do mesmo mal)

 

Consulta ao Semi-Deus

Diagnóstico: tem uma descansidite.

Hum?: pessoas que gostam muito de descansar (apanhou-o num momento raro em que se estendeu no sofá)

 

Consulta à Mãe

Diagnóstico: tem uma trabalhetite.

Hum?: pessoas que trabalham muito.

 

Perguntei eu: então e isso é muito grave? o que me recomenda?

Resposta: não é assim muito grave, mas é um bocadinho grave. Eu mando que fique dois meses em casa só a descansar.

 

 

Gosto disto! Acho que vou trocar de Médico de Família.

Cinema em casa

Tem-se visto pouco. O tempo é pouco. O sono é muito. Portanto, isto funciona mais ou menos assim:em dias de semana, chegar a casa, banhos, fraldas, tachos, loiça e coiso. Os pirralhos dominam a TV durante o horário nobre. Chega às 22h, Madi é corrida para os braços de Morfeu. Petit Me é posto a vegetar com o Pocoyo (às vezes não vegeta lá muito, porque aquilo se torna uma animação e depois para sossegar tem de vir o Baby Einstein - o vídeo do Lullaby). Quando a pirralha se pira, aqui a je apodera-se do comando, ajeita-se no sofá, faz um zapping, escolhe uma série ou um filme que esteja a dar na TV e pensa "Ah, finalmente, momentos de sossego e apreciar a TV". Certo, normalmente os olhos abertos duram 5 minutos depois de me abancar no sofá. Estás esperta, ahn!

 

Chega-se ao fim-de-semana e na maioria das vezes o tempo para TV não é muito. Felizmente, ultimamente, a razão é estar melhor tempo e uma pessoa começar é a querer andar com os palitos de fora a apanhar o solinho. Mas de quando em vez lá temos uma tarde ou noite cinematográfica.

 

Então assim mais recentemente (leia-se talvez no último mês ou dois), vimos (que me lembre):

 

Argo http://www.imdb.com/title/tt1024648/

Gostei! Muito! Gosto normalmente de filmes baseados em histórias verídicas. O Ben Affleck não era grande actor, mas tem-se revelado com a idade. E está a ganhar o jeito da realização. Eu passei o filme todo em pulgas, sempre a sentir a adrenalina e a stressar, até ao último minuto em que os desgraçados ficaram a salvo. Que nervos! Gostei, muito!

 

Hitchcock http://www.imdb.com/title/tt0975645/?ref_=fn_al_tt_1

Tinha lido críticas negativas. Que era uma seca. E um bocado mau. Eu cá gostei. Gostei do papel do Anthony Hopkins, que é um senhor. E gosto muito da Helen Mirren. Gostava de envelhecer como ela. E gostei muito, mais uma vez, de a ver no ecrã. Não gostei tanto como do Argo, mas também não vou comparar alhos com bogalhos, porque são filmes muito diferentes.

 

Zero Dark Thirty http://www.imdb.com/title/tt1790885/?ref_=fn_al_tt_1

(este vi ontem, por isso ainda me lembro, senão já tinha ido para o baú das cenas de que não me lembro)

Também foi daqueles enervantes. Não ao nível do Argo. A diferença é que no Argo passei o filme todo com taquicardia. Neste, fiquei em stress na parte da operação chave para apanhar o Bin Laden. Dava nervos aquilo. Mas gostei. E a Jessica Chastain é uma gira.

 

The Life of Pi http://www.imdb.com/title/tt0454876/

É um filme especial. Gostei bastante, enquadrado no gostar de filmes especiais. O Semi-Deus adormeceu ao fim de uns 10 minutos. Mas eu, excepcionalmente, mantive-me acordada. Se calhar porque tinha um tigre. E também me manteve na expectativa ver como acabava a história de Pi e do Richard Parker. Irritou-me, claro, a parte da hiena, mas isso é porque as acho um bicho horroroso.

 

Silver Linings http://www.imdb.com/title/tt1045658/

Tinha lido maravilhas sobre o filme. E sobre o desempenho da Jennifer Lawrence. A rapariga até levou o Óscar. Devo dizer que achei uma seca. Ou eu não estava com a predisposição certa para ver o filme ou não sei. Mas não achei piada nenhuma. Adormeci. E não percebi porque ganhou a rapariga o Óscar. Sinceramente. Não tem um desempenho em nada extraordinário. É uma carinha bonita e lembro-me que dizia muitas vezes "fuck" e pouco mais. Isso era como atribuir o Óscar à Ana Padrão. Que também a acho um pão sem sal no ecrã, mas devem-lhe achar piada, porque me lembro que na maioria dos papéis que fez dizia muitas asneiras. Não gostei. Se calhar preciso de ver de novo. Mas primeira impressão má.

 

Django http://www.imdb.com/title/tt1853728/?ref_=fn_al_tt_1

Não se pode bem dizer que tenha visto. Sentei-me, cheia de feeling, a pensar "ah, hoje vou apreciar um filme do Tarantino". Adormeci. E do que vi só me lembro de sangue. Um exagero de sangue. Semi-Deus viu até ao fim e disse-me que não perdi nada. Melhor ainda, deu-me jeito dormir.

 

Sei que vimos mais uns, mas não me lembro quais foram. Isto a idade não perdoa e a minha memória já não é o que era. E a do Semi-Deus também não. Muitas vezes passamos a lista dos filmes e escolhemos um qualquer. Ao fim de uns minutos, olhamos um para o outro e dizemos "Já vimos!". Os títulos é que nos passam.

 

 

Pág. 6/6