Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Ponto de situação nas leituras

Para que saibam, nas férias parei a leitura do livro da bruxa, porque não estava com predisposição para ele e comecei a ler este

 

34994006.jpg

que terminei no Sábado.

Entretanto voltei à bruxa, mas entre muiiiiito trabalho, cansaço e outras coisas para fazer em casa, a leitura vai lenta.

 

Sobre o livro da Paula Hawkins, levou um 3 no Goodreads à semelhança do "A Rapariga no Comboio".

 

Assim que consiga ter mais tempo e inspiração, venho cá contar a minha opinião mais detalhada.

 

Para já deixo a sinopse, para quem ainda não teve oportunidade de ver

 

CUIDADO COM AS ÁGUAS CALMAS. NÃO SABEMOS O QUE ESCONDEM NO FUNDO. 

Nel vivia obcecada com as mortes no rio. O rio que atravessava aquela vila já levara a vida a demasiadas mulheres ao longo dos tempos, incluindo, recentemente, a melhor amiga da sua filha. Desde então, Nel vivia ainda mais determinada a encontrar respostas.

Agora, é ela que aparece morta. Sem vestígios de crime, tudo aponta para que Nel se tenha suicidado no rio. Mas poucos dias antes da sua morte, ela deixara uma mensagem à irmã, Jules, num tom de voz urgente e assustado. Estaria Nel a temer pela sua vida?

Que segredos escondem aquelas águas? Para descobrir a verdade, Jules ver-se-á forçada a enfrentar recordações e medos terríveis há muito submersos naquele rio de águas calmas, que a morte da irmã vem trazer à superfície.
Um livro profundamente original e surpreendente sobre as formas devastadoras que o passado encontra para voltar a assombrar-nos no presente. Paula Hawkins confirma, de forma triunfal, a sua mestria no entendimento dos instintos humanos, numa história com tanta ou maior intensidade do que A Rapariga no Comboio.

 

Pág. 4/4