Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

...

Sempre tive o sonho de ser feliz…Acho que é um sonho comum…o ideal de tudo cor-de-rosa…


Mas este querer muito ser feliz por vezes não nos permite apercebermo-nos de que pensávamos ser felizes mas afinal não somos…Porque é difícil admiti-lo…Não sou totalmente infeliz…tenho uma filha que é a mais linda do mundo…e com isso sou muito feliz…Mas a vida não se resume a ser mãe…é um papel muito importante, mas não pode ser o único…


E, quando um dia, nos olhamos ao espelho, olhamos para dentro de nós e nos apercebemos de há quanto tempo não somos felizes, parece que tudo vai desabar…E desaba mesmo… Desaba quando paramos para pensar que só vivemos uma vez e a vida tem passado ao nosso lado sem tentarmos ser felizes ou então, tentamos, mas não conseguimos…Desaba quando percebemos que nos habituámos a esquecer que existimos enquanto pessoas e que vivemos em função do que os outros sentem, pensam ou precisam… E desabamos quando finalmente temos a capacidade de dizer basta, que não queremos mais ser infelizes e sentimos que não nos entendem…ou quando dizem que entendem mas a atitude é de quem não esperava que reagíssemos, de quem esperava que nos conformássemos com nossa a infelicidade e vivêssemos apenas para fazer os outros felizes e dar-lhes o que precisam…


Cada vez mais sinto que algumas pessoas, quando dizem que tenho de ser uma pessoa mais segura, mais confiante, que acredita mais em si própria e que goste de si…afinal reagem mal quando me revelo assim…E que só gostam de mim se eu falar baixo, se eu não gostar de mim e não me valorizar…

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.