Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

A desconversar aprendem eles num instante

Ontem quando os fomos buscar à Escolinha, mencionaram que o pirralho assentou uma lambadex num puto qualquer lá da sala.

 

Mais tarde, enfiada na cozinha de roda dos tachos e cenas, entra o esfomeado do costume, que quer é que lhe atire comida para cima e nunca me deixa terminar o jantar.

 

"Quero pão!"

"Espera um bocadinho, que a mãe está a fazer a papa"

"Quero pão, mãe!"

Não lhe liguei.

"Então, mãe, quero pão" (agora anda com esta do então, quando não é logo atendido, que Sua Excelência tem pressa)

"Olha, então tu hoje bateste no M?"

"Xim"

"E bateste porquê?"

"Bati na cara. E a C. (Educadora) ficou zangada com o Mates"

"Olha, mas não podes bater nos meninos, está bem? Têm de ser amigos"

"Mãe, quero pão e frutinha"

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.