Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Cenas que estive 3 dias sem dizer e ontem voltei a dizer

"Não mexe"

"Não se mexe aí"

"Marcos, não se mexe aí"

"Estás a ouvir a mãe?"

"Não carregues nos botões das máquinas"

"Onde andas a mexer?"

"Schiu, não grites"

"Marcos, pára de bater com os pés no chão"

"Não atires com as coisas para o chão"

 

É isso. O silêncio lá de casa foi interrompido com o regresso de pequeno terrorista. A Madi só volta hoje. Mas é bom, tê-los de volta. O Marcos fez-nos uma recepção daquelas. Ficou louco quando nos viu entrar em casa da avó e andava de colo em colo a dizer "É a mãe e o pai". É um terrorista fofo, muito fofo. A Madi deu-me aquele abraço e beijinhos sempre bons.

 

É, faz-lhes bem passar uns dias fora, receber mimos dos avós. Faz-nos bem ter uns dias de silêncio, de poder ter mais tempo para nós, sem tanta correria e choradeira logo de manhã e com finais do dia mais calmos. De vez em quando é preciso esta pausa. Mas tê-los connosco é sempre especial. Porque são nossos e os queremos aqui, junto ao coração.