Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

350x.jpg

Gostei mais deste livro do que do "Procuro-te". Gostei mais da Eva do que da Daisy.

Mas estes dois livros têm algumas semelhanças. Em ambos os casos, morre a mãe da personagem principal. Só que no caso da Daisy, ela já sabia que era adoptada. Neste caso, Eva descobre que não é filha daquele que sempre tratou como pai. Em ambos os casos, as personagens principais vêm-se preteridas pelas famílias logo após a morte das mães.

Por isso, às tantas parecia que estava a ler este, mas já tinha visto a história antes.

Se bem que o rumo da história é diferente. Mas também ambas enveredam por uma busca ao passado no sentido de descobrirem as suas origens.

Ainda assim achei que este livro estava melhor conseguido.

Também ele mais contemporâneo - os acontecimentos situam-se nos anos 90.

Gostei da Eva, apesar de ser bastante inocente, mas também, enfim, era uma jovem de 20 anos, que sempre tinha sido protegida pela família e dinheiro nunca tinha sido um problema. Portanto, ver-se sozinha a ter de enfrentar todas as adversidades com a inocência e ingenuidade próprias da idade, não foi fácil. Ainda por cima parecia ter um conjunto de azares, uns atrás dos outros, e ia conhecendo pessoas que não interessavam muito. Mas depois foi conhecendo pessoas que se tornaram a sua família e até algo mais. Para além de ir descobrindo a sua verdadeira história e os motivos do suicídio da sua mãe. E essa parte foi interessante. 

Mais no final fiquei surpreendida com a morte de mais uma personagem, mas a Lesley até se portou bem. Duas mortes num livro, não foi mau de todo (a sério, se já leram outros livros dela, sabem do que falo).

Só achei que o final foi um bocadinho apressado. Gostava que a conclusão da história amorosa tivesse sido um bocadinho mais trabalhada. Porque às tantas parece que se apressou a escrever ali as últimas cinco páginas. Ainda que tenha ficado contente com o final, porque nutria de muita simpatia pelo moçoilo. Um bom rapaz, a true keeper.

Dou-lhe 3 estrelas no Goodreads, apesar de ter gostado bastante, de o ter devorado rapidamente e do final feliz. Mas a semelhança de ponto de partida com o livro anterior tirou-lhe um bocadinho de originalidade, por isso, se calhar teria gostado mais de outro enquadramento. Ainda assim é um livro que vale a pena ler. Até porque a personagem tem um particular gosto pela leitura e fazem-se algumas referências literárias, logo, cria-se uma certa empatia. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.