Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

350x.jpg

Sinopse

Há quinze anos, Emma Davis estava num campo de férias com amigas. Era a sua primeira vez e estava a divertir-se. Até à noite em que três delas, Vivian, Natalie e Allison, desapareceram. Nessa noite, a última lembrança de Emma foi ver Vivian a fechar a porta da cabana onde as quatro dormiam e a pedir-lhe silêncio.

Agora, Emma é uma pintora conhecida. Desenha florestas tenebrosas, com folhas e galhos entrelaçados a criarem efeitos espantosos. O que os compradores dos seus quadros não sabem é que, por detrás das suas composições, Emma desenha sempre formas espetrais de meninas vestidas de branco, que depois cobre de tinta.

Quando recebe um convite para ser orientadora de arte no mesmo campo, que vai reabrir tanto tempo depois, Emma aceita. Ao chegar, no entanto, tudo parece estranho.

Há uma câmara apontada à sua cabana. Ninguém ali parece confiar nela. 
Quando começa a encontrar pistas deixadas por Vivian, Emma apercebe-se de que algumas mentiras não podem ficar enterradas.

 

Abri a página da Top Seller. Percorri as novidades. Deparei-me com esta sinopse. Abri a página da Wook. Encomendei este livro (e também o último do Tremayne) aproveitando o vale de desconto. Esta sinopse mexeu comigo. E tinha de ter este livro nas mãos rapidamente. Chegou no dia a seguir. Maravilha!

 

Este livro é um thriller meio hipnótico, principalmente por causa da narradora. Todo o livro é narrado por Emma, o que nos transtorna, porque somos metidos na cabeça dela e toda aquela paranóia toma conta de nós. Há momentos que se tornam bastante sufocantes.

A história decorre no tempo presente e de vez em quando volta 15 anos atrás, onde vamos percebendo alguns fragmentos do que se passou no campo de férias.

O ambiente é sempre estranho, a tensão é sempre muito grande e, entre a paranóia de Emma, os sentimentos de culpa e a suspeição sobre tudo e todos em relação ao que se passou com as 3 raparigas há 15 anos atrás não temos um momento de sossego.

Tudo nos passa pela cabeça, estamos sempre a inventar possíveis cenários e suspeitos, pensamos o quanto daquilo é ou foi real ou fruto da imaginação de uma mente perturbada e, depois, o final é surpreendente.

As voltas e reviravoltas que a história vai dando tornam este livro um bocado electrizante, tive muita dificuldade em o largar porque a história está muito bem contada e é altamente cativante e viciante.

 

Já alguém teve oportunidade de ler este livro? O que acharam?

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.