Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

IMG_20190822_121354.jpg

Sinopse

Quando a verdade é demasiado cruel, a mentira é a melhor saída.

Depois do seu pai e da sua mãe terem acabado com as próprias vidas de maneira muito parecida, em dois suicídios brutais e com intervalo de apenas alguns meses, Anna está a tentar virar a página do passado trágico da sua família e recomeçar a sua vida.

O novo namorado e o filho vieram para trazer à Anna alguns sorrisos no meio do caos. Mas, mesmo com todo o seu esforço para superar os seus traumas e se entregar aos novos começos, o seu passado de repente volta à tona trazendo ainda mais dor e devastação.

No primeiro aniversário da morte da sua mãe, Anna recebe um bilhete anónimo e perturbador: Suicídio? Pensa melhor. Será possível que alguém poderia ser cruel ao ponto de fazer uma brincadeira dessas? Ou de facto existe algo por trás do suposto suicídio de seus pais?

 

Opinião híper-mega-atrasada sobre este livro! Este blog anda oficialmente uma rebaldaria!

Entre férias, pinturas em casa, muitos afazeres, cansaço, etc e tal, ficou muita coisa pendurada.

Então, deixem lá ver se ainda me lembro.

Dei 3 estrelas no Goodreads a este livro.

Foi um livro que me deixou com alguns mixed-feelings. É uma história algo perturbadora, que vai tendo algumas reviravoltas e nos deixa sempre intrigados em saber o que vem a seguir.

Mas a escrita da autora deixou-me interessada em alguns momentos e aborrecida noutros. Não sei bem porquê. Parece que se arrastava em alguns momentos, quando eu teria preferido que a escrita fosse mais fluída, que a intriga surgisse de forma mais impetuosa.

É um drama familiar, que nos deixa a pensar que é preciso termos sorte com os pais que temos. Porque há situações um bocado maradas.

No entanto, a autora não me conseguiu surpreender verdadeiramente.

Fui adivinhando algumas situações que me pareceram um bocado óbvias. E teria gostado de um final mais forte e mais surpreendente.

Não gostei nada do namorado da Anna. Detesto estes personagens masculinos assim meio moles e sem espinha dorsal, que não valorizam muito a mulher que têm.

Em suma, é um bom livro, tem um enredo interessante e algumas personagens interessantes, mas para um thriller achei que ficava um pouco aquém em termos de momentos mais vertiginosos. Estava à espera de mais empolgamento.