Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

laranja sangue.jpg

Querem um livro cheio de personagens duvidosas, perturbador, com muito álcool à mistura e super viciante? Então, peguem neste livro!

Como tinha referido, fiquei um pouco preocupada com a comparação a Paula Hawkins. Entendo a comparação. Mas já se torna um bocado repetitiva esta ideia colar a essa autora qualquer livro com uma personagem alcoólica que, por isso, se torna destrambelhada e pouco credível.

Mas este livro lê-se muito rapidamente. Gostei mais do ritmo impresso nesta narrativa do que no “A Rapariga no Comboio”, que era um bocado mais enrolado.

Nesta história acompanhamos a vertente pessoal e profissional de Alison. Alison é casada e tem uma filha com 6 anos. É uma advogada em ascensão. Parece ter uma vida pessoal e profissional bastante alinhada com os astros. No entanto, tem um “relacionamento” com um colega de trabalho. Digo “relacionamento” porque aquilo é uma coisa bastante questionável. Digamos que (and pardon my French), de vez em quando fodem, violentamente…Algo de que Alison parece não gostar ao mesmo tempo que parece querer mais…

Para além disto, qual é o problema de Alison? A bebida. Alison frequentemente vai para o pub depois do trabalho com os colegas e embebeda-se à séria, a ponto de às vezes nem conseguir ir para casa. E a bebida parece ser algo que está a começar a ser um problema no casamento e a afectar a forma como o seu marido dedicado olha para ela. E a criar problemas na forma como cuida (ou não cuida) da filha.

Por que será que Alison bebe? Será que bebe tanto quanto pensa? E por que mantém aquela relação abusiva com um colega?

É um bocado por aqui que este thriller nos agarra. Ao mesmo tempo vamos acompanhar o primeiro caso de homicídio que é atribuído a Alison, uma mulher abastada que aparentemente matou o marido com várias facadas. Mas não quer falar sobre isso. Será que a mulher matou o marido? E quais foram as motivações? O marido merecia ou não?

É uma leitura muito intrigante, apesar de pessoalmente não conseguir criar empatia com nenhuma personagem. Talvez intencionalmente, mas tive pet peeve com quase todas as personagens. Mas havia ali umas 3 em particular que me deixaram de cabelos em pé desde o primeiro momento. E me fizeram logo questionar algumas coisas.

Daí que tenha sido uma leitura rápida e viciante, gostei do final, mas antecipei cedo na trama os dois momentos reveladores. Achei que as pistas escaparam demasiado cedo, apesar da confusão criada.

Gostava de ter visto um pouco mais de desenvolvimento em relação a ambos os momentos, talvez porque como os adivinhei cedo, queria ter tido um pouco mais de sumo…de toranja…perceberam? Ahn?

Ainda assim foi um livro que gostei bastante de ler. Dei-lhe 4 estrelas no Goodreads.

Obrigada, S. pelo empréstimo!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.