Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

melissa.jpg

Sinopse

Holly O’Neill tem uma loja de roupas vintage, um filho de dez anos que ama e uma fada madrinha misteriosa que, a cada momento crucial da sua vida, tem um berloque para adicionar à sua pulseira, que assim se torna o seu bem mais precioso. Um dia, quando encontra a pulseira de outra pessoa num dos casacos da sua loja, sente que tem de a reunir com o seu proprietário.

Greg é um corretor da bolsa e tem uma namorada perfeita com quem quer casar, mas decidiu deixar Wall Street para prosseguir a sua verdadeira paixão: a fotografia. Holly e Greg não se conhecem e não têm nada em comum. Vai ser precisa a magia de Nova Iorque, um pouco de sorte e outra pulseira da felicidade para os fazer encontrar…

 

É tão bom quando se tem amigas que nos dizem assim “olha, vou-te mandar uns livrinhos que vais gostar, porque são leituras românticas e levezinhas, mesmo como gostas no Verão”. Não acham o máximo? Eu cá acho!

Porque no tempo mais quente realmente adoro ler estes romances fofinhos. Porque está calor, cérebro derretido e o coiso. E porque ainda estamos, já não confinados, mas ainda a viver estes novos tempos, com muitos cuidados e sem sentir que temos a nossa vida normal de volta (enquanto tiver de andar de máscara, para mim não é o normal que conheço). E é bom quando sentimos que nos conhecem e que pensam em nós. :) E ter algo que nos ajuda a espairecer e a distrair de coisas menos positivas.

Portanto, foi muito bom receber de surpresa esta leitura. E não resisti a pegar rapidamente neste livro assim que li a sinopse.

E não é que o romance fofinho acabou por ser também muito natalício?

Gostei bastante!

É um romance muito ternurento, sobre vidas cruzadas, momentos especiais e pessoas que estão destinadas a se encontrar, dê lá por onde der.

Gostei das personagens principais, a Holly e o Greg e só tive pena de apenas se cruzarem tão no final, ficando completamente em aberto a forma como o relacionamento entre eles irá decorrer.

Teria preferido que se cruzassem um pouco antes, porque pessoalmente gosto mais de histórias onde há mais envolvimento e acompanhamento das personagens amorosas principais.

No entanto, não deixa de ser uma bonita história sobre darmos valor aos momentos realmente marcantes e especiais das nossas vidas. E sobre conhecer pessoas com bom fundo, pessoas especiais, realmente de coração cheio.

E é também uma história sobre casais que se amam toda uma vida e o quanto sofre o elemento que sobrevive ao outro e como é difícil fazer as coisas simples do dia-a-dia sem as partilhar com a sua pessoa especial, que esteve sempre lá.

Apesar de ter alguns clichés, é um romance fofinho que foi um prazer ler.