Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Leitura Terminada

terceira.jpg

Sinopse

Todos temos segredos, e os segredos têm consequências.
Adrian Wolfe tem duas ex-mulheres, cinco filhos e demasiada bagagem.
Mesmo assim, ele e a sua terceira mulher, Maya, vivem em harmonia com a sua extensa família? Até que Maya morre inesperadamente e sem explicação. Um ano depois, as circunstâncias bizarras da sua morte continuam a atormentar Adrian: terá sido mesmo acidente? Ou suicídio? Teria Maya razões para tirar a sua própria vida?
Tentando ultrapassar o luto, Adrian decide investigar e descobre segredos perturbadores que o levam a passar em revista a relação com as ex-mulheres e os filhos. De repente, a frágil bolha de felicidade que envolvia a sua esquizofrénica família rebenta. Nem tudo é o que parece com os Wolfes. E quanto mais defeitos Adrian descobre na sua vida aparentemente perfeita, mais ele se questiona: será que algo ou alguém levou Maya à beira do precipício?

 

A sinopse deste livro deixou-me de orelhas em pé e não resisti a comprá-lo numa promoção da Top Seller.

Gostei bastante do livro e achei-o muito rico na exploração desde conceito das famílias modernas. Portanto, há aqui um homem no centro de uma série de pessoas, 3 casamentos, vários filhos dos primeiros dois, uma mulher recente e depois há coisas que começam a correr muito mal quando Maya morre e não se consegue descobrir o que terá realmente acontecido, se foi um acidente, se foi homícidio, se foi suicídio. E portanto, a história criou em mim uma enorme curiosidade e levou-me numa leitura algo frenética para tentar chegar ao fim. 

A autora lança muito bem para a história as pitadas de múltiplos suspeitos para terem contribuído para o destino de Maya e conclui a história com boas argumentações e sem muitas pontas soltas.

No aspecto de explorar o conceito de familias modernas e de trazer a lume o quão difícil é estes relacionamentos funcionarem bem, mesmo que as pessoas aparentemente queiram, o livro está excelente.

É também um enredo muito intrigante, que nos mantém em corropio até ao final.

Mas, dei a este livro 4 estrelas no Goodreads. Gostava muito de lhe ter dado as 5 estrelas mas, apesar de ter gostado bastante, tive dois pequenos problemas com a história...a conclusão sobre o que realmente aconteceu com Maya foi menos chocante do que estava à espera, teria gostado mais de outros rumos. E o outro problema foi eu ter detestado o Adrian, que era um homem completamente focado em si próprio e nas suas necessidades, que queria chegar a todo o lado e não chegava a lado nenhum porque lhe faltava alguma espinha dorsal e capacidade de perceber o que tinha à sua volta. E irritou-me a atitude dele de constantemente desvalorizar o que tinha para procurar a próxima, o quanto por um lado parecia estar a sofrer muito com a morte de Maya para logo a seguir estar pronto para saltar à espinha de outra mulher e move on.

E confesso que não gostei muito da parte final entre Adrian e outra personagem. Mas pronto, admito que as pessoas por vezes tomem uma decisão e depois percebam que erraram e voltem atrás. Se calhar se ele tivesse sido um homem mais interessante achava mais piada a este final. Mas senti que muito do que aconteceu foi culpa dele e de ele ser um bocado apático e egocêntrico.

Ainda assim, como disse, foi uma leitura muito interessante. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.