Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Curly aos Bocadinhos

Curly aos Bocadinhos

Ora, mais uma segunda-feira, verdade?

Eu como não percebo nada de futebol, não venho aqui opinar sobre Benficas e o coiso, que parece que não se passa mais nada no país senão futebol, mas enfim. Cada um com a sua. Eu não tenho é grande pachorra e tenho mais em que pensar.

 

Do fim-de-semana

 

Sábado

Acordei cedo para um Sábado, às 8h. O que me dá aqueles nervos, porque uma pessoa quando pode dormir até mais tarde acorda com as galinhas. Acho que a manhã foi passada com os pequenos-almoços e os banhos e tal. Almoçámos no chinocas e depois levámos a Madalena a casa de um colega para fazerem um trabalho para a escola. Aproveitando que estávamos na Ericeira, fomos dar uma volta com o Marcos e comer o geladito da praxe. Depois fui às compras ao supermercado, lanchámos, arrumei as compras e fui buscar a Madalena. Depois do jantar, se bem me lembro, acho que adormecemos todos no sofá, tombados uns em cima dos outros, cadela incluída. 

Sim, porque eu comprei umas vitaminas para o cérebro, mas acho que aquilo ainda não kicked in, por isso ainda tenho umas brancas.

 

Domingo

Pior que acordar às oito da matina num Sábado, só mesmo acordar às 6h50 num Domingo. Até apetece dar umas cabeçadas na parede! Mas pronto.

A verdade é que, na semana passada, deu-me uma dor daquelas maradas nas costas, por causa de uma má postura no emprego (a cena das salas de formação com as mesas dispostas em U tem claras vantagens, mas não para as costas de quem fica sentado nas laterais e tem de se torcer para ver os formadores). Depois levantei-me de repente por causa do alarme de incêndio que tocou para um simulacro e desci uns 13 andares de escadas e tudo misturado fez porcaria.

No dia seguinte, depois de um adesivo térmico, relaxante muscular e analgésico que não fizeram qualquer efeito, ainda dei um salto ao Centro de Saúde de manhã para pedir uma injecção que me desse uma ajuda para aguentar o dia, porque eu estava pior sentada ou deitada do que em pé. O médico queria que eu ficassse em casa, mas eu disse que tinha de ir trabalhar e, portanto, vim com uma receita de uma dose simpática de analgésico e anti-inflamatório para tomar uns dias. Tomei 2 dias o anti-inflamatório e depois fiquei toda avariada do estômago e dos intestinos. Tudo isto para vos dizer que foi por isso que acordei tão cedo no Domingo. Com imensas dores de estômago e cólicas que já não me deixaram dormir mais. 

O Marcos acordou lá para as oito, aos poucos a restante malta também foi saíndo do choco. 

Fomos até Lisboa almoçar (de sobremesa comi um pecaminoso Tiramisú que estava divinal coff coff) e aproveitar o solinho para passear a pé na zona de Belém. Aproveitámos para levar os pequenos a conhecer a Torre de Belém. Não entrava lá desde a minha 2ª ou 3ª classe, portanto, há uns séculos atrás. Aos poucos temos de ir aproveitando o bom tempo (que escasseia) para dar uns passeios e ir conhecer (ou revisitar) alguns monumentos e museus, porque a cultura também faz bem.

Depois de chegar a casa ainda fiz 2 sopas, preparei uns morfes para a minha marmita, fiz o jantar e organizei a cozinha e tentei enfiar tudo o que precisava no frigorífico e deixar tudo em ordem. Voltei a não dormir lá muito bem com a indisposição, pelo que hoje estive um bocado dormente e estou aqui a pensar que já devia era estar a dormir.

 

E é isto. Boa semana, pessoas!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.